Blog

No Blog do Animal Clinic traz tudo para você ficar por dentro das novidades do mundo pet e garantir as melhores dicas sobre alimentação, higiene, saúde, curiosidades e comportamento animal. A resposta para a sua dúvida sobre seu pet está aqui.
24-capaBlog.jpg
24/set/2020

O mês de Setembro Vermelho fala-se sobre prevenção de doenças do Coração, e é claro, não poderíamos deixar de adotar essa conscientização e cuidados com nossos Pets também.

Enfermidades que afetam o coração de cães e gatos costumam ser pouco diagnosticadas e, quando são, normalmente já estão em graus mais avançados. Isso porque os sinais clínicos deles podem ser bem diferentes dos nossos e pouco percebidos pelos pais humanos.
Tosse, cansaço, fraqueza, perda de peso, dificuldade para respirar e língua em tom mais roxo merecem atenção!
Dentre as doenças mais comuns na especialidade em cardiologia da medicina veterinária, podemos citar:

Insuficiência da Valva Mitral: representa mais de 70% das doenças cardíacas em cães, sendo mais comum em cães de pequeno porte. Os sinais mais comuns são tosse, fraqueza e dificuldade respiratória;

Cardiomiopatia Dilatada: mais comum em cães de grande porte. A fraqueza e desmaio são os sinais mais comuns, além disso, muitas vezes o animal pode ter morte súbita por arritmias cardíacas;

Dirofilariose: conhecida como verme do coração, essa doença parasitária é transmitida pela picada de mosquito. Mais comum em regiões litorâneas e próximas à lagoas e áreas de vegetação. Pode ser prevenida através da administração de antiparasitários.

Em Gatos a doença mais comum é a Cardiomiopatia Hipertrófica: essa doença leva a um espessamento exagerado da musculatura do coração, o qual não consegue ser preenchido adequadamente por sangue. Essa é uma doença silenciosa em grande parte das vezes.

As doenças cardíacas não têm cura e são, em sua maioria, progressivas. Por isso, é de extrema importância se atentar aos sintomas e principalmente a prevenção: checkups, consultas e exames de rotina, são grandes aliados para um diagnóstico precoce, ajudando de forma significativa o tratamento e podendo até mesmo, salvar a vida do seu Pet, dando mais conforto e qualidade de vida a ele.


9-Blog-setembro-amarelo-animais-podem-ajudar.jpg
09/set/2020

No mês de Setembro é realizada a Campanha Setembro Amarelo para a prevenção do suicídio. Essa campanha começou em 2014 em Brasília e se estendeu por todo o Brasil.
Quem tem pets sabe que eles trazem muita alegria para a vida de uma pessoa, mas muito ainda desconhecem os benefícios físicos e mentais que acompanham o prazer de brincar ou se acalentar com um bichinho de estimação. Estudos da sociedade de Psiquiatria e Psicologia apontam que ter um pet ajuda também na prevenção de suicídios.

Recentemente diversos estudos começaram a revelar cientificamente os benefícios do vínculo humano-animal. Por exemplo, a Associação Americana de Saúde do Coração ligou o convívio com animais de estimação, especialmente cães, com o risco reduzido de doenças cardíacas e maior longevidade. Estudos também descobriram que: Donos de cães são menos propensos a sofrer de depressão do que aqueles sem animais de estimação; Pessoas com cães têm menor pressão arterial em situações estressantes do que aquelas sem animais de estimação. Um estudo descobriu que, mesmo quando as pessoas com hipertensão leve adotaram cães de um abrigo, a pressão arterial diminuiu significativamente em apenas cinco meses; Brincar com um cão ou gato pode elevar os níveis de serotonina e dopamina, o que acalma e relaxa. A companhia de um animal de estimação também pode aliviar a solidão, e a maioria dos cães é um grande estímulo para o exercício saudável, o que pode melhorar substancialmente o humor e aliviar a depressão

PROCURE AJUDA – Se você pensa em tirar a própria a vida ou conhece alguém que dá indícios de que possa cometer suicídio, saiba que especialistas afirmam que o mais importante é que as pessoas não fiquem com este sentimento somente para si. É preciso conversar, buscar ajuda e orientar aqueles que demonstram o desejo de se matar para que procurem atendimento na rede de saúde e também pode entrar em contato com o Centro de Valorização da Vida (CVV), que atua na prevenção do suicídio. Os atendimentos são realizados por meio da linha gratuita 188, “chats” pela internet (www.cvv.org.br), correspondências e e-mail.


19-Blog-caesidosos.jpg
19/Maio/2020

Ao ler estas preciosas dicas para cuidar de cães idosos você com certeza vai saber o que fazer em cada reação diferente do bichinho.

Tutores responsáveis devem ter em mente as dicas para cuidar de cães idosos, tendo em vista que a juventude eterna não é para os nossos pets.

Como os humanos, em algum momento, um cachorro começa a ouvir, ver e se mover mais devagar.

Contudo, de uma coisa você pode ter certeza. Nesta fase da vida é preciso ainda mais cuidado aos animais terem a aposentadoria que merecem, tranquilos e sossegados.

Quando os Cães Ficam Mais Velhos?

Cães pequenos podem ser considerados velhos a partir dos 9 anos.

Em cachorros grandes a idade de sete anos já é considerada velhice.

A maioria dos veterinários oferece cuidados especiais para idosos.

No exame clínico as doenças podem ser detectadas e tratadas.

Também é preciso ter atenção quanto ao comprometimento dos órgãos referentes aos sentidos. Portanto, problemas de audição, visão, doenças cardíacas e formas de delírio são possíveis.

Desgaste dos ossos e das articulações para osteoartrite também são comuns. Isso, por sua vez, leva à falta de movimento.

Melhores Dicas para Cuidar de Cães Idosos: Poupar ou Desafiar?

O movimento é mais importante agora do que nunca! Caso contrário a musculatura diminui e os animais ficam com menos energia, piorando a condição física.

É importante adaptar a atividade ao seu “velho amigo”. Por isso, faça vários passeios pequenos e distribuídos ao longo do dia.

Como uma das dicas para cuidar de cães idosos experimente novas trilhas ou pequenos jogos cerebrais: esconder comida, por exemplo, para incentivar a constante movimentação.

Cão Idoso: Como Alimentar?

Cada quilo coloca muita tensão nas articulações e no coração do bichinho.

Portanto, você deve mudar a dieta do cão idoso para alimentos especiais com baixo teor de gordura.

Forneça nutrientes importantes, especialmente proteínas e fibras de alta qualidade.

Cães sem muito apetite devem receber pequenas porções várias vezes ao dia.

Sugestão: As refeições aquecidas melhoram ainda mais o sabor.

O Bichinho não Para de Chorar: E Agora?

Quando os animais mais velhos uivam nem sempre é um sinal de dor.

Também pode ser uma mudança comportamental, pois os animais – assim como humanos – às vezes podem se tornar demenciais na velhice.

Enquanto há soluções viáveis clinicamente, deve-se sempre pesar quando o animal precisa ser exposto ao estresse da cirurgia. Por exemplo, para uma visão limitada há em oferta as lentes artificiais.

Enfim, estas foram algumas das diversas dicas para cuidar de cães idosos.

Não esqueça de levar seu Pet idosinho ao Animal Clinic no sentido de fazer um check-up geral.


saudebucalempets.jpg

Você sabia?? Saúde Bucal

Pode ser chocante esse dado, mas é verdade! 

Você sabia que há uma estimativa de que apenas 10% dos tutores de cães e gatos mantêm a escovação bucal de seus animais em dia.

O que é mais alarmante é que a higiene bucal evita vários problemas de saúde e, principalmente, proporciona maior bem-estar aos animais.

Alguns problemas que podem ser evitados são:

– Acúmulo de tártaro;

– Gengivites;

– Retração gengival;

– Traumas que expõe a polpa do dente;

– Lesões;

– Úlceras bucais

– Doenças renais

– Doenças cardíacas

Por isso, é importantíssimo fazer consultas periódicas ao Médico Veterinário, além de fazer uso de petiscos funcionais que auxiliam na higiene, enxaguantes bucais e os próprios cremes dentais adequados para animais para a escovação. 

Outra questão que ajuda, e muito, na saúde bucal do seu bichinho é a boa escolha da ração mais adequada para cada raça, mantendo bons hábitos alimentares.

E não oferecer nada de alimentação caseira que não tenha sido prescrita por um nutricionista.

 

Quer saber mais? Marque uma consulta pelo seu celular, clicando aqui http://bit.ly/animalclinicbatel

 


vacinacaoempets.jpg

Vacinação

Desde muito pequenininhos os pets precisam se proteger de doenças e a forma mais eficaz de fazer isso é mantendo a vacinação em dia. Há vários tipos de vacinas que protegem o seu bichinho de diversas doenças, porém somente o Médico Veterinário é devidamente capacitado a montar um protocolo de vacinação.

Feito isso, é importante lembrar que quanto mais novinhos os filhotes, maior o cuidado. No início da vida do seu pet, ele receberá uma série de vacinas que o protegerá contra doenças que podem acometê-los, uma vez que são muito novinhos e, por isso, possuem ainda o organismo em desenvolvimento. 

É por isso que não é indicado que façam passeios antes da última vacina, que normalmente é dada por volta do quinto mês de vida: seu organismo ainda não está imune suficiente para lidar com outros animais ou com a poluição (e possíveis vírus) da cidade.

E não são só os filhotinhos que devem ser vacinados não! Após o primeiro ano de vida, é fundamental que seu bichinho receba as vacinas anuais, mantendo-se protegidos e, consequentemente, prolongando a sua expectativa de vida.

É preciso obedecer ao protocolo de vacinação, garantindo assim uma melhor qualidade de vida a esses serzinhos que tanto trazem alegrias às nossas vidas!

Marque consulta para seu amiguinho, clicando aqui http://bit.ly/animalclinicbatel


Diabetes-Canina.jpg

Diabetes Canina é uma doença que vem cada vez mais sendo diagnosticada. Mas, você sabe o que favorece o aparente aumento dessa doença nos cães? 

E nós listamos alguns motivos: Predisposição genética, doenças que afetem a produção ou ação da insulina, desregulação hormonal, idade ou também o uso errado de medicamentos.

 E nós temos algumas dicas para te ajudar na prevenção da diabetes no seu pet, confira:

. Boa alimentação;

. Estímulo da prática de atividades físicas, levando-o para passear e deixando-o em local livre para que possa correr e brincar à vontade;

. Check Ups regulares

Se não tratada, a diabetes pode causar cegueira, má cicatrização – qualquer ferida pode demorar muito para fechar, e pode até ser fatal, se comprometer o bom funcionamento do organismo como um todo

O tratamento para cães já diagnosticados é a aplicação diária de uma injeção de insulina com controle constante da glicemia, prática de atividades físicas e alimentação balanceada à base de ração dietética ou alimentos com baixo índice glicêmico. 

Fique atento a qualquer alteração de comportamento ou rotina do seu pet. 

Caso identifique qualquer mudança suspeita, compareça imediatamente ao hospital veterinário para uma consulta de rotina. 

Clique no link e marque a consulta diretamente do seu celular: http://bit.ly/animalclinicbatel

 


11-Blog-raiox-1-1.jpg

Assim como ocorre na medicina humana, o exame de raio-x é um dos exames de maior importância para o médico veterinário, funcionando como um exame chave para o diagnóstico de diversas patologias.

Como agendar o exame de raio-x para meu Pet?

O exame de raio-x deve ser solicitado pelo médico veterinário após uma avaliação, que fará uma requisição para que o exame seja realizado.

No entanto, o tutor pode “ajudar” na saúde de seu animal. Pets não sabem “falar” quando estão com dor ou estão com algum desconforto físico. Alguns sinais podem indicar a necessidade de um exame de raio-x em cães e gatos, como dificuldade em andar, levantar, sensação de dor quando tocado em certo local do corpo, inchaço ou, em um caso mais grave, atropelamento ou queda, entre muitos outros.

Ao observar alguma alteração em seu cão ou gato, leve-o imediatamente a um hospital veterinário, assim o veterinário terá todas as condições de atender o seu pet e solicitar o exame de raio-x, caso tenha necessidade. Lembrando que este exame será sempre um pedido do médico veterinário, mas fique tranquilo é um exame é rápido, indolor e na maioria das vezes esclarecedor sobre a patologia que o animal pode ter.

Ao receber os resultados, o imaginologista, especialista responsável pelo diagnóstico por imagem, analisa as imagens (a procura de fraturas, luxações, ligamentos rompidos, corpos estranhos ou até tumores), realiza o laudo e em conjunto com o veterinário responsável pelo paciente, tira suas conclusões. Prescrevendo o melhor tratamento para que o animal tenha uma rápida melhora.

 

Aqui no Hospital Veterinário Animal Clinic, realizamos o exame de radiografia com aparelhos e tecnologia de ponta, dando mais conforto ao paciente, maior qualidade na imagem e credibilidade no laudo.

Saiba mais pelo telefone (41) 3257-5409 ou pelo WhatsApp (41) 99742-7168


30-blog-profilaxia-1.jpg

Muitas pessoas tem dúvidas sobre a diferença entre
PROFILAXIA DENTAL e TRATAMENTO PERIODONTAL.

A profilaxia dental é indicada em pacientes que apresentam cálculo dental e gengivite, sem sinais de doença periodontal. Consiste na remoção mecânica (com ultrassom e curetas manuais) do cálculo dental que está acima da gengiva e principalmente o cálculo que está abaixo da gengiva, pois é o cálculo que mais causa problemas. Depois da remoção do cálculo, o próximo passo é o polimento dos dentes, que tem o principal objetivo deixar a superfície dos dentes mais lisas, facilitando a higienização dos mesmos com escovações posteriores. Somente nesses casos conseguimos reverter o quadro de gengivite, deixando a gengiva saudável para proteger as estruturas que sustentam os dentes.

Já o tratamento periodontal é um procedimento indicado nos casos em que o animal possua doença periodontal, como retração de gengivas, dentes com mobilidade e perda óssea. Esse procedimento requer uma série de passos a mais que uma simples “limpeza de tártaro”. Nesse procedimento o odontologista veterinário irá realizar radiografias intra-orais para diagnóstico de doença periodontal e saber o grau de perda óssea do dente. Pode ser necessário curetagem de bolsas periodontais, retalhos para fechamento de fístulas, e em últimos casos, extrações de dentes que estejam com suas estruturas de sustentação muito comprometidas.

É por isso que você deve sempre recorrer aos profissionais especializados nessa área, pois o tratamento periodontal vai muito além de uma simples limpeza.

Aqui no Hospital Veterinário Animal Clinic, contamos com especialista em odontologia e centro cirúrgico odontológico para a realização de procedimentos como a profilaxia, extração, entre outros.

Saiba mais pelo telefone (41) 3257-5409 ou pelo WhatsApp (41) 99742-7168


12/abr/2019

Assim como os seres humanos, os animais de estimação precisam de cuidados especiais para uma vida com muita saúde e bem-estar. O tutor deve-se preocupar com tudo que acontece com o seu pet, principalmente levá-lo a visitas regulares com o médico veterinário afim de garantir uma vida saudável para o animal. Nossa equipe separou 5 cuidados especiais para você manter a vida do seu pet saudável.

1. Check-ups regulares

Qual foi a última vez que você realizou o check-up em seu pet? A equipe do Hospital Animal Clinic indica consultas semestrais para o acompanhamento e realização de check-ups. O check-up ajuda a diagnosticar precocemente diversas doenças e é comprovado que com o checkup em dia é possível prolongar a vida do seu pet em até 20%.

Da mesma forma que nós humanos devemos nos preocupar com consultas periódicas e exames para cuidar da nossa saúde, os animais de estimação também precisam desse controle e precaução em relação a saúde, independe da idade.

Por terem um período de vida mais curto que o dos humanos, você, tutor, deve se atentar à realização de consultas e check-ups frequentes, e não só em períodos específicos como no início da vida ou quando o pet já é idoso.

Manter uma rotina de cuidados e visitas regulares ao médico veterinário garantem a manutenção da saúde e bem-estar do seu companheiro.

2. Vacinação do pet em dia

Mantenha atualizado o protocolo de vacinação e de vermifugação do seu melhor amigo. Para cães e gatos, o cronograma de vacinação deve ser iniciado ainda quando filhote e realizado o reforço anual até a fase idosa, garantindo assim a imunização do animal durante toda a sua vida.

*DICA ANIMAL CLINIC*
Fique atento ao cartão de vacinação do seu animalzinho. Ele deve ser guardado com muito cuidado, pois funciona como documento de identificação e comprovação da imunização dos animais de estimação.

3. Prevenção bucal

Você sabia que muitas doenças renais e cardíacas podem ser evitadas com a prevenção de saúde oral? A saúde do animal também começa pela boca. É muito importante o tutor investir na prevenção via oral do animal. Os animais devem ser levados regularmente para a área odontológica do hospital para este tipo de acompanhamento.

É preciso ressaltar a importância do tutor realizar a escovação dental diária do animal. Ao vir no Hospital Animal Clinic, peça ao doutor que faça uma demonstração de como escovar os dentes do seu animal de estimação. Isso vai ajudar você a cumprir sua tarefa mais facilmente, além de incentivar essa prática diariamente.

Preocupe-se em adquirir produtos específicos para o seu pet como pasta de dentes apropriada e que contenha fluídos necessários para mantê-los limpos e saudáveis.

4. Alimentação balanceada

A alimentação dos animais deve ser adequada à cada etapa de suas vidas. Prefira sempre alimentar o seu pet com rações balanceadas e específicas para cada tipo de raça e idade. Lembre-se de sempre consultar o veterinário do seu pet antes de trocar ou substituir a ração dele. Além disso, é importante observar se o pet está realmente comendo.

Facilite o acesso do seu animalzinho ao comedouro e bebedouro e mantenha-os perto do local de descanso, como cama ou colchonete.

5. Cuidados com a pele

A pele dos animais é um assunto sério, pois a pele do seu bichinho de estimação é mais sensível e exige cuidados e atenção constantes para manter a saúde num nível ideal.

Os problemas dermatológicos mais comuns em cães e gatos são comichão, pele seca ou crostas, caroços, alergias cutâneas a alimentos, presença de parasitas (pulgas, carrapatos ou ácaros), perda de pelo e infecções da orelha.

Fique atento aos sinais que o seu pet apresenta. Preste atenção se ele apresenta vermelhidões, presença de parasitas como pulgas ou carrapatos ou coceira constante. Esses tipos de doenças cutâneas podem transmitir doenças e prejudicar a vida do animal. Utilize shampoos específicos para cada tipo de raça, de preferência aos sem corante e perfumes.

 

O Hospital Animal Clinic está disposto a cuidar da saúde e do bem-estar do seu amigo, proporcionando os melhores tratamentos e métodos de prevenção.

 


12/mar/2019

[vc_row][vc_column][vc_column_text]Cheios de personalidade, os felinos possuem características que os diferem dos outros animais de estimação. Seja por sua perspicácia ou curiosidade, eles conquistam cada vez mais as famílias brasileiras.

 

Se você já tem ou pretende adotar um gato, saiba que os cuidados com sua saúde e bem-estar são fundamentais para criá-lo com energia e ainda mais conforto. Por isso, é importante estar atento a todas as fases de sua vida, pois elas exigem esforços especiais em cada uma em particular.

 

Os médicos veterinários do Hospital Animal Clinic recomendam que você, tutor, tenha ciência de tudo o que pode fazer para deixar a vida do seu pet ainda mais feliz e completa. Por essa razão, nossa equipe especializada preparou um conteúdo informativo para você saber mais sobre este assunto.

 

Neste e-book, confira tudo o que você precisa saber sobre como cuidar da saúde e bem-estar do seu gato. E para um auxílio ainda mais completo, visite o Hospital Animal Clinic e realize uma consulta específica com o seu animal de estimação.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_raw_html]JTNDZGl2JTIwcm9sZSUzRCUyMm1haW4lMjIlMjBpZCUzRCUyMjgtY3VpZGFkb3MtcGFyYS1tZWxob3Jhci1hLXZpZGEtZG8tc2V1LWdhdG8tMDlhMDM1M2M0OTMxMDU0ZWNkMTMlMjIlM0UlM0MlMkZkaXYlM0UlMEElM0NzY3JpcHQlMjB0eXBlJTNEJTIydGV4dCUyRmphdmFzY3JpcHQlMjIlMjBzcmMlM0QlMjJodHRwcyUzQSUyRiUyRmQzMzVsdXVwdWdzeTIuY2xvdWRmcm9udC5uZXQlMkZqcyUyRnJkc3RhdGlvbi1mb3JtcyUyRnN0YWJsZSUyRnJkc3RhdGlvbi1mb3Jtcy5taW4uanMlMjIlM0UlM0MlMkZzY3JpcHQlM0UlMEElM0NzY3JpcHQlMjB0eXBlJTNEJTIydGV4dCUyRmphdmFzY3JpcHQlMjIlM0UlMEElMjAlMjBuZXclMjBSRFN0YXRpb25Gb3JtcyUyOCUyNzgtY3VpZGFkb3MtcGFyYS1tZWxob3Jhci1hLXZpZGEtZG8tc2V1LWdhdG8tMDlhMDM1M2M0OTMxMDU0ZWNkMTMtaHRtbCUyNyUyQyUyMCUyN1VBLTQzNDAxNzI2LTElMjclMjkuY3JlYXRlRm9ybSUyOCUyOSUzQiUwQSUzQyUyRnNjcmlwdCUzRQ==[/vc_raw_html][/vc_column][/vc_row]


Logo Hospital Veterinário Animal Clinic em Branco


Quem somos


Referência em diferentes especialidades, o Hospital Veterinário Animal Clinic tem serviço de emergência ágil e moderno. Excelência do atendimento 24h/dia!




Receba as Novidades


Cadastre-se e receba videos, dicas e cuidados para o seu pet antes de todo mundo.



Open chat
Powered by