Blog

No Blog do Animal Clinic traz tudo para você ficar por dentro das novidades do mundo pet e garantir as melhores dicas sobre alimentação, higiene, saúde, curiosidades e comportamento animal. A resposta para a sua dúvida sobre seu pet está aqui.

Acupuntura até para os pets?

Simmmm! 

Conhecida como uma terapia alternativa, a acupuntura é, na verdade, uma especialidade médica indicada para complementar o tratamento de diversas patologias animais. O método milenar pode ser aplicado em qualquer animal, desde que haja indicação médica.

Por estimular pontos específicos do corpo através das picadas das agulhas, esse método

terapêutico ajuda da prevenção de doenças e no restabelecimento do organismo, uma vez que consegue atuar diretamente no sistema nervoso central. 

 

Veja alguns benefícios da acupuntura:

 

– Ajuda a melhorar o fluxo sanguíneo;

– Estimula o sistema imunológico;

– Alivia dores;

– Auxilia na recuperação motora;

– Relaxa!

– E muito mais…

 

As indicações são inúmeras e dependendo da gravidade do problema, a acupuntura pode ser utilizada como terapia principal ou como complemento ao tratamento de doenças como:

paralisias, artroses, AVCs, dermatites e muitos outros “itens” que acometem os nossos

bichinhos.

E até para aqueles animais com distúrbios comportamentais a acupuntura pode ser a solução. Sem contar na sua utilidade para auxiliar na recuperação pós-operatório dos seus bichinhos de estimação.

 

Marque uma consulta na Animal Clinic e entenda se essa é uma boa opção para solucionar os problemas de saúde do seu pet e saber quando é contra-indicado. 

 

Marque uma consulta direto pelo seu celular, clicando aqui http://bit.ly/animalclinicbatel



Check-up para pets: temos!

Responda rápido: você deixaria de cuidar da saúde de alguém que você ama muito? Deixaria de acompanhar semestralmente ou anualmente os exames desse alguém, através de check- ups e consultas?

Pois saiba que com seu bichinho de estimação não pode ser diferente.

É muito importante levá-lo em consultas periódicas ao Médico Veterinário para acompanhar

de pertinho como anda a sua saúde.

Na Animal Clinic, é possível que seu pet seja atendido desde a consulta com o Veterinário, aos exames mais complexos. 

 

Confira alguns desses exames essenciais para prevenir as doenças mais comuns:

 

– Nos exames de sangue é possível avaliar, em parte, se os rins ou o fígado estão funcionando bem, além de identificar possíveis anemias, desidratação ou processos infecciosos ocorrendo no seu pet.

 

– Já os exames cardíacos avaliam a estrutura e a funcionalidade do coração que muitas vezes influenciam diretamente os outros órgãos. Além disso, pode ajudar a diagnosticar o temível “verme do coração” (Dirofilariose).

 

– O Raio X do tórax podemos avaliar o tamanho e o posicionamento de alguns órgãos importantes como o coração, pulmão, fígado.

Além disso, pode identificar alterações que ajudam a diagnosticar vários tipos de doenças como as pneumonias, traqueobronquites e até possíveis tumores na região.

 

– Na ecografia abdominal é possível avaliar todos os órgão abdominais em tamanho, formato e aparência, além de  alterações que podem identificar doenças ou reatividade que atrapalhem a funcionalidade deles. 

 

O mais interessante de manter os exames do seu bichinho em dia é acompanhar de perto a

sua saúde, prevenindo ou diagnosticando doenças no início de sua formação, aumentando

consideravelmente as chances de cura. À medida que uma doença é diagnosticada, é possível encaminhar o seu pet para um especialista que poderá cuidar minuciosamente do problema do seu bichinho.

 

Além dos exames de checkup, por que não aproveitar a visita do seu bichinho na Animal

Clinic para deixar em dia as vacinas, anti-pulgas e vermífugo?

Afinal, esses cuidados também fazem parte da prevenção de inúmeras doenças.

 

Marque consulta para seu amiguinho, clicando aqui http://bit.ly/animalclinicbatel

 


18-Artigo-leishmaniose-1.jpg

Leishmaniose Visceral é uma infecção parasitária causada por protozoários que atacam o sistema imunológico. Que podem causar óbito tanto em animais, quanto em humanos.

É uma zoonose que pode ser transmitida de animais para humanos e vice-versa, sendo o mosquito o vetor. No Brasil, a transmissão da leishmaniose canina ocorre somente através da picada do mosquito Lutzomyia longipalpis. Conhecido popularmente como mosquito-palha, birigui, cancalha e tatuqueira. Ao picar um animal infectado, a fêmea do mosquito ingere a leishmania e a transmite para outros animais através da picada.

Porém os cachorros são os que mais sofrem com a doença, atuando como portadores, o parasita pode prejudicar diversos órgãos internos como rins, fígado, ou mesmo estruturas como o sistema digestivo. Cada local agredido trará uma consequência correspondente.
Os sinais podem variar bastante de um animalzinho para outro, os mais comuns são vômito, diarreia, sangramento nas fezes, perda de apetite, desidratação e alterações no trato urinário. Dentre os sinais externos estão lesões, nódulos, crescimento anormal das unhas, descamação e coloração branca prateada na pele. Machucados que não saram nunca e feridas na orelha, também são comuns e servem de alerta para a doença. Outra particularidade da leishmaniose canina é que 80% dos cachorros infectados apresentam problemas oculares.
Por conta da incidência no sistema imunológico, o cachorro infectado frequentemente apresenta indícios de outras doenças, ou de fato contrai uma outra enfermidade. Isso implica na dificuldade em diagnosticá-la instantaneamente.
Há varias formas e exames diferentes para diagnosticar a Leishmaniose. O importante é sempre buscar um médico veterinário caso seu amiguinho apresente alguns desses sinais.

 

Há alguns anos o único caminho para um animal infectado com a doença era a eutanásia, como meio de não proliferar a doença, já que esta não tem cura.
Até hoje não há cura para a Leishmaniose, há uma forma de tratamento, porém é um tratamento caro, longo e que requer muito cuidado e intenso acompanhamento veterinário. Mas ainda não é uma “cura”, pois o parasita continua vivendo no cachorro, entretanto já demonstra um grande avanço.

Como prevenir?

A doença é transmitida através da picada do mosquito Lutzomyia longipalpis, que gosta de ambientes ricos em matéria orgânica. Por isso, é importante manter o local onde o seu cachorro vive, limpo e higienizado. Telas de proteção, coleiras repelentes e até borrifar repelente no ambiente, também são válidos, tudo para que possa evitar o contato do mosquito.
Outra forma de prevenção da leishmaniose canina é a vacinação. A vacina pode ser administrada em filhotes acima dos 4 meses de idade. É administrada em três doses, com intervalo de 21 dias entre elas, e deve ser repetida todos os anos. Entretanto, é preciso ressaltar que somente os cachorros avaliados como soro negativo (que comprovadamente não apresentam o parasita) podem ser vacinados.


17-TSB-Blog-Sharpei-1.jpg

Originados na China, os Sharpeis faziam o pastoreio e a guarda de diversos animais. Suas principais características são bastante evidentes: dobrinhas, olhar meigo e sua língua azul, os tornam únicos!
Apesar de ser muito fofinho, esse cãozinho exige cuidados diferenciados, o que faz com que não sejam recomendados para tutores inexperientes “de primeira viagem”.

Os Sharpeis são muito doces e protetores. Se apegam muito a todos os membros da família, não escolhendo apenas um tutor. Não gostam muito de viver ao ar livre, preferem passar o seu tempo dentro de casa, brincando e interagindo com alguém. Eles são cães de personalidade forte, geralmente reservados, independentes, desconfiados e afetuosos.

As dobrinhas de um cachorro Sharpei exigem alguns cuidados básicos, como lavá-las e secá-las muito bem, para que não crie nenhum fungo na pele do cachorro.
Não costumam soltar muito pelo, então caso comece a soltar, pode indicar algum problema na pele e uma visitinha ao veterinário.

 

É uma raça que consegue se adaptar muito bem ao clima quente e também ao clima frio. Seu nome significa “pele de areia”.
Por ter tendência a ficar obeso, também é essencial que o dono controle bem a alimentação e siga a quantidade de ração recomendada pelo médico veterinário.


11-Blog-raiox-1-1.jpg

Assim como ocorre na medicina humana, o exame de raio-x é um dos exames de maior importância para o médico veterinário, funcionando como um exame chave para o diagnóstico de diversas patologias.

Como agendar o exame de raio-x para meu Pet?

O exame de raio-x deve ser solicitado pelo médico veterinário após uma avaliação, que fará uma requisição para que o exame seja realizado.

No entanto, o tutor pode “ajudar” na saúde de seu animal. Pets não sabem “falar” quando estão com dor ou estão com algum desconforto físico. Alguns sinais podem indicar a necessidade de um exame de raio-x em cães e gatos, como dificuldade em andar, levantar, sensação de dor quando tocado em certo local do corpo, inchaço ou, em um caso mais grave, atropelamento ou queda, entre muitos outros.

Ao observar alguma alteração em seu cão ou gato, leve-o imediatamente a um hospital veterinário, assim o veterinário terá todas as condições de atender o seu pet e solicitar o exame de raio-x, caso tenha necessidade. Lembrando que este exame será sempre um pedido do médico veterinário, mas fique tranquilo é um exame é rápido, indolor e na maioria das vezes esclarecedor sobre a patologia que o animal pode ter.

Ao receber os resultados, o imaginologista, especialista responsável pelo diagnóstico por imagem, analisa as imagens (a procura de fraturas, luxações, ligamentos rompidos, corpos estranhos ou até tumores), realiza o laudo e em conjunto com o veterinário responsável pelo paciente, tira suas conclusões. Prescrevendo o melhor tratamento para que o animal tenha uma rápida melhora.

 

Aqui no Hospital Veterinário Animal Clinic, realizamos o exame de radiografia com aparelhos e tecnologia de ponta, dando mais conforto ao paciente, maior qualidade na imagem e credibilidade no laudo.

Saiba mais pelo telefone (41) 3257-5409 ou pelo WhatsApp (41) 99742-7168


30-blog-profilaxia-1.jpg

Muitas pessoas tem dúvidas sobre a diferença entre
PROFILAXIA DENTAL e TRATAMENTO PERIODONTAL.

A profilaxia dental é indicada em pacientes que apresentam cálculo dental e gengivite, sem sinais de doença periodontal. Consiste na remoção mecânica (com ultrassom e curetas manuais) do cálculo dental que está acima da gengiva e principalmente o cálculo que está abaixo da gengiva, pois é o cálculo que mais causa problemas. Depois da remoção do cálculo, o próximo passo é o polimento dos dentes, que tem o principal objetivo deixar a superfície dos dentes mais lisas, facilitando a higienização dos mesmos com escovações posteriores. Somente nesses casos conseguimos reverter o quadro de gengivite, deixando a gengiva saudável para proteger as estruturas que sustentam os dentes.

Já o tratamento periodontal é um procedimento indicado nos casos em que o animal possua doença periodontal, como retração de gengivas, dentes com mobilidade e perda óssea. Esse procedimento requer uma série de passos a mais que uma simples “limpeza de tártaro”. Nesse procedimento o odontologista veterinário irá realizar radiografias intra-orais para diagnóstico de doença periodontal e saber o grau de perda óssea do dente. Pode ser necessário curetagem de bolsas periodontais, retalhos para fechamento de fístulas, e em últimos casos, extrações de dentes que estejam com suas estruturas de sustentação muito comprometidas.

É por isso que você deve sempre recorrer aos profissionais especializados nessa área, pois o tratamento periodontal vai muito além de uma simples limpeza.

Aqui no Hospital Veterinário Animal Clinic, contamos com especialista em odontologia e centro cirúrgico odontológico para a realização de procedimentos como a profilaxia, extração, entre outros.

Saiba mais pelo telefone (41) 3257-5409 ou pelo WhatsApp (41) 99742-7168


16/abr/2019

Provavelmente você já deve ter ouvido falar em castração de animais de companhia, e é muito comum que as pessoas tenham dúvidas ou opiniões diferentes sobre os benefícios que esse procedimento pode trazer ao animal.
Pensando nisso, fizemos esse guia para explicar todos os passos deste procedimento e tirar todas as suas dúvidas sobre o assunto.

Mas afinal, o que é castração?

A castração nada mais é do que a retirada cirúrgica dos testículos nos machos e dos ovários e útero nas fêmeas. Este procedimento impede com que os animais tenham filhotes, ou desenvolvam doenças futuras, como tumores ou
infecções.

Quando devo castrar meu pet?

A melhor idade para realização da castração em gatas ou cadelas é antes do primeiro cio, ou seja, entre os 5 ou 6 meses de idade.
Os machos atingem o completo desenvolvimento dos órgãos reprodutivos aos 5 ou 6 meses de idade, e é nesse período que também é indicada a castração dos machos.

O que mudará após a castração?

Fêmeas

O primeiro benefício após a cirurgia de castração é a ausência de cio, que normalmente em uma cadela ou gata não castradas, ocorre a cada 6 meses.

Deixa de existir o risco de aparecimento de tumores de útero, ovários e de mama, principalmente se for castrada antes do primeiro cio.

Evita piometra, um tipo de infecção grave que ocorre no útero podendo levar o animal a desenvolver infecção generalizada e morte.

 

DICA ANIMAL CLINIC

É CONTRA INDICADO O USO DE ANTICONCEPCIONAIS PARA EVITAR CIOS E CRIAS, POIS O
USO DESSES HORMÔNIOS É UMA DAS CAUSAS DE CÂNCER DE MAMA, PRINCIPALMENTE
EM GATAS, MESMO COM UMA ÚNICA DOSE.

 

Machos

Os benefícios são maiores na parte comportamental, pois com a retirada dos testículos, a produção de testosterona é reduzida drasticamente.

O animal perde o interesse em fêmeas no cio, evitando fugas e possíveis acidentes na rua.

Há diminuição no hábito de urinar em locais inapropriados para demarcação território.

Evita brigas com outros animais.

As chances de desenvolvimento de tumores testiculares ou prostáticos deixam de existir.

 

Cuidados pré e pós-cirurgicos

Antes de qualquer coisa, é essencial você procurar um hospital veterinário onde a cirurgia possa ser realizada com toda segurança e por profissionais capacitados. Você deve ter certeza que os materiais utilizados são de primeira qualidade, como fios de sutura, materiais cirúrgicos estéreis e individuais para cada animal.

A anestesia deverá ser realizada por um profissional especialista anestesista capacitado, dando preferência à anestesia inalatória, que é mais segura e com menos efeitos colaterais. Tomando todos esses cuidados, garantiremos um procedimento tranquilo, indolor e benéfico ao seu pet.

Anteriormente ao procedimento, o animal deverá passar por uma avaliação com um médico veterinário para uma análise clinica, onde serão solicitados exames pré-operatórios. Esses exames são essenciais para uma cirurgia bem sucedida.

Banhos não são indicados enquanto o animal estiver com os pontos, portanto, recomendamos que o banho seja dado um dia antes da cirurgia. No dia da cirurgia, o animal deve ser internado no hospital pela manhã para sua preparação. É necessário que esteja em jejum alimentar e hídrico de no mínimo 8 horas.

Normalmente o paciente não fica internado até o dia seguinte, podendo ir para o conforto do lar e ficar com a família no mesmo dia.

O período de recuperação após a cirurgia costuma variar entre 7 a 10 dias, tanto para machos quanto para fêmeas. Neste período é muito importante não descuidar para que complicações não aconteçam. Alguns animais são muito ativos e gostam de ficar pulando, subindo escadas, camas ou sofás,essas atividades podem causar dor e também rompimento dos pontos.

É essencial o uso de macacão cirúrgico ou o famoso “abajur” na cabeça até o retorno ao veterinário (7 a 10 dias), isso impede que o animal fique lambendo ou coçando os pontos, evitando problemas como rompimento ou inflamação dos mesmos. Limpe a ferida pelo menos uma vez ao dia.

Após a cirurgia, os médicos veterinários costumam prescrever antiinflamatórios e analgésicos, algumas vezes antibióticos. Fique sempre atento para administrar as medicações nos horários e doses recomendas. Siga sempre as instruções da receita médica.

Lembre-se que a castração é um procedimento cirúrgico, embora seja um procedimento simples, envolve algum risco como toda cirurgia. Portanto, é importante que o animal passe por uma avaliação clínica com um médico veterinário e faça os exames pré-operatórios. Tomando essas precauções, os riscos são minimizados.

Conte conosco neste momento e usufrua dos melhores tratamentos que a medicina veterinária pode proporcionar para o seu animal. O Hospital Animal Clinic possui infraestrutura e profissionais capacitados que utilizam o melhor
para o benefício de seu pacientes. Entre em contato conosco e saiba mais.


12/abr/2019

Assim como os seres humanos, os animais de estimação precisam de cuidados especiais para uma vida com muita saúde e bem-estar. O tutor deve-se preocupar com tudo que acontece com o seu pet, principalmente levá-lo a visitas regulares com o médico veterinário afim de garantir uma vida saudável para o animal. Nossa equipe separou 5 cuidados especiais para você manter a vida do seu pet saudável.

1. Check-ups regulares

Qual foi a última vez que você realizou o check-up em seu pet? A equipe do Hospital Animal Clinic indica consultas semestrais para o acompanhamento e realização de check-ups. O check-up ajuda a diagnosticar precocemente diversas doenças e é comprovado que com o checkup em dia é possível prolongar a vida do seu pet em até 20%.

Da mesma forma que nós humanos devemos nos preocupar com consultas periódicas e exames para cuidar da nossa saúde, os animais de estimação também precisam desse controle e precaução em relação a saúde, independe da idade.

Por terem um período de vida mais curto que o dos humanos, você, tutor, deve se atentar à realização de consultas e check-ups frequentes, e não só em períodos específicos como no início da vida ou quando o pet já é idoso.

Manter uma rotina de cuidados e visitas regulares ao médico veterinário garantem a manutenção da saúde e bem-estar do seu companheiro.

2. Vacinação do pet em dia

Mantenha atualizado o protocolo de vacinação e de vermifugação do seu melhor amigo. Para cães e gatos, o cronograma de vacinação deve ser iniciado ainda quando filhote e realizado o reforço anual até a fase idosa, garantindo assim a imunização do animal durante toda a sua vida.

*DICA ANIMAL CLINIC*
Fique atento ao cartão de vacinação do seu animalzinho. Ele deve ser guardado com muito cuidado, pois funciona como documento de identificação e comprovação da imunização dos animais de estimação.

3. Prevenção bucal

Você sabia que muitas doenças renais e cardíacas podem ser evitadas com a prevenção de saúde oral? A saúde do animal também começa pela boca. É muito importante o tutor investir na prevenção via oral do animal. Os animais devem ser levados regularmente para a área odontológica do hospital para este tipo de acompanhamento.

É preciso ressaltar a importância do tutor realizar a escovação dental diária do animal. Ao vir no Hospital Animal Clinic, peça ao doutor que faça uma demonstração de como escovar os dentes do seu animal de estimação. Isso vai ajudar você a cumprir sua tarefa mais facilmente, além de incentivar essa prática diariamente.

Preocupe-se em adquirir produtos específicos para o seu pet como pasta de dentes apropriada e que contenha fluídos necessários para mantê-los limpos e saudáveis.

4. Alimentação balanceada

A alimentação dos animais deve ser adequada à cada etapa de suas vidas. Prefira sempre alimentar o seu pet com rações balanceadas e específicas para cada tipo de raça e idade. Lembre-se de sempre consultar o veterinário do seu pet antes de trocar ou substituir a ração dele. Além disso, é importante observar se o pet está realmente comendo.

Facilite o acesso do seu animalzinho ao comedouro e bebedouro e mantenha-os perto do local de descanso, como cama ou colchonete.

5. Cuidados com a pele

A pele dos animais é um assunto sério, pois a pele do seu bichinho de estimação é mais sensível e exige cuidados e atenção constantes para manter a saúde num nível ideal.

Os problemas dermatológicos mais comuns em cães e gatos são comichão, pele seca ou crostas, caroços, alergias cutâneas a alimentos, presença de parasitas (pulgas, carrapatos ou ácaros), perda de pelo e infecções da orelha.

Fique atento aos sinais que o seu pet apresenta. Preste atenção se ele apresenta vermelhidões, presença de parasitas como pulgas ou carrapatos ou coceira constante. Esses tipos de doenças cutâneas podem transmitir doenças e prejudicar a vida do animal. Utilize shampoos específicos para cada tipo de raça, de preferência aos sem corante e perfumes.

 

O Hospital Animal Clinic está disposto a cuidar da saúde e do bem-estar do seu amigo, proporcionando os melhores tratamentos e métodos de prevenção.

 


12/mar/2019

[vc_row][vc_column][vc_column_text]Cheios de personalidade, os felinos possuem características que os diferem dos outros animais de estimação. Seja por sua perspicácia ou curiosidade, eles conquistam cada vez mais as famílias brasileiras.

 

Se você já tem ou pretende adotar um gato, saiba que os cuidados com sua saúde e bem-estar são fundamentais para criá-lo com energia e ainda mais conforto. Por isso, é importante estar atento a todas as fases de sua vida, pois elas exigem esforços especiais em cada uma em particular.

 

Os médicos veterinários do Hospital Animal Clinic recomendam que você, tutor, tenha ciência de tudo o que pode fazer para deixar a vida do seu pet ainda mais feliz e completa. Por essa razão, nossa equipe especializada preparou um conteúdo informativo para você saber mais sobre este assunto.

 

Neste e-book, confira tudo o que você precisa saber sobre como cuidar da saúde e bem-estar do seu gato. E para um auxílio ainda mais completo, visite o Hospital Animal Clinic e realize uma consulta específica com o seu animal de estimação.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_raw_html]JTNDZGl2JTIwcm9sZSUzRCUyMm1haW4lMjIlMjBpZCUzRCUyMjgtY3VpZGFkb3MtcGFyYS1tZWxob3Jhci1hLXZpZGEtZG8tc2V1LWdhdG8tMDlhMDM1M2M0OTMxMDU0ZWNkMTMlMjIlM0UlM0MlMkZkaXYlM0UlMEElM0NzY3JpcHQlMjB0eXBlJTNEJTIydGV4dCUyRmphdmFzY3JpcHQlMjIlMjBzcmMlM0QlMjJodHRwcyUzQSUyRiUyRmQzMzVsdXVwdWdzeTIuY2xvdWRmcm9udC5uZXQlMkZqcyUyRnJkc3RhdGlvbi1mb3JtcyUyRnN0YWJsZSUyRnJkc3RhdGlvbi1mb3Jtcy5taW4uanMlMjIlM0UlM0MlMkZzY3JpcHQlM0UlMEElM0NzY3JpcHQlMjB0eXBlJTNEJTIydGV4dCUyRmphdmFzY3JpcHQlMjIlM0UlMEElMjAlMjBuZXclMjBSRFN0YXRpb25Gb3JtcyUyOCUyNzgtY3VpZGFkb3MtcGFyYS1tZWxob3Jhci1hLXZpZGEtZG8tc2V1LWdhdG8tMDlhMDM1M2M0OTMxMDU0ZWNkMTMtaHRtbCUyNyUyQyUyMCUyN1VBLTQzNDAxNzI2LTElMjclMjkuY3JlYXRlRm9ybSUyOCUyOSUzQiUwQSUzQyUyRnNjcmlwdCUzRQ==[/vc_raw_html][/vc_column][/vc_row]


21/dez/2018

[vc_row][vc_column][vc_column_text]Assim que tomamos a decisão de castrar os nossos companheiros, podemos ter diversas dúvidas sobre qual é a melhor idade para a realização, sobre o procedimento, além de diversos outros questionamentos sobre os métodos de recuperação. 

 

Se você está aqui, certamente já ouviu muitas versões sobre este assunto, e viu todo o tipo de suposições e experiências que por vezes podem nos confundir, em vez de nos orientar, não é mesmo?

 

Por isso, antes de saber como são realizadas estas cirurgias nos cachorros, é necessário entender todas as vantagens que existem para os animais após este procedimento. Além disso, é importante eliminar os mitos que envolvem esse tema, como a ideia de que há alguma desvantagem optar pela castração

 

Os médicos veterinários do Hospital Animal Clinic recomendam que você, tutor, tenha consciência dos benefícios da castração e também sobre quais são as melhorias na saúde e no bem-estar do seu animal de estimação. Por isso, a nossa equipe de especialistas preparou um conteúdo informativo para você se informar sobre este assunto

 

Neste e-book, confira tudo o que você precisa saber sobre dicas fundamentais para a castração bem-sucedida. E para um auxílio ainda mais completo, visite o Hospital Animal Clinic e realize uma consulta específica com o seu animal de estimação.

 

Baixe agora o e-book e confira este conteúdo!

[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][vc_raw_html]JTNDZGl2JTIwcm9sZSUzRCUyMm1haW4lMjIlMjBpZCUzRCUyMmRpY2FzLWZ1bmRhbWVudGFpcy1wYXJhLWNhc3RyYWNhby1kNjRkZDAyN2MxMTY3ZTU0Y2YxNyUyMiUzRSUzQyUyRmRpdiUzRSUwQSUzQ3NjcmlwdCUyMHR5cGUlM0QlMjJ0ZXh0JTJGamF2YXNjcmlwdCUyMiUyMHNyYyUzRCUyMmh0dHBzJTNBJTJGJTJGZDMzNWx1dXB1Z3N5Mi5jbG91ZGZyb250Lm5ldCUyRmpzJTJGcmRzdGF0aW9uLWZvcm1zJTJGc3RhYmxlJTJGcmRzdGF0aW9uLWZvcm1zLm1pbi5qcyUyMiUzRSUzQyUyRnNjcmlwdCUzRSUwQSUzQ3NjcmlwdCUyMHR5cGUlM0QlMjJ0ZXh0JTJGamF2YXNjcmlwdCUyMiUzRSUwQSUyMCUyMG5ldyUyMFJEU3RhdGlvbkZvcm1zJTI4JTI3ZGljYXMtZnVuZGFtZW50YWlzLXBhcmEtY2FzdHJhY2FvLWQ2NGRkMDI3YzExNjdlNTRjZjE3LWh0bWwlMjclMkMlMjAlMjdVQS00MzQwMTcyNi0xJTI3JTI5LmNyZWF0ZUZvcm0lMjglMjklM0IlMEElM0MlMkZzY3JpcHQlM0U=[/vc_raw_html][/vc_column][/vc_row]


Logo Hospital Veterinário Animal Clinic em Branco


Quem somos


Referência em diferentes especialidades, o Hospital Veterinário Animal Clinic tem serviço de emergência ágil e moderno. Excelência do atendimento 24h/dia!




Receba as Novidades


Cadastre-se e receba videos, dicas e cuidados para o seu pet antes de todo mundo.



Open chat
Powered by